Home Artigos Gilmar Mendes veste figurino do escárnio.

Gilmar Mendes veste figurino do escárnio.

3 min leitura
0
1
17,449

Gilmar Mendes, para proteger a criminalidade organizada de tipo protomafiosa que está no comando do País (PMDB-PSDB), queria anular a delação premiada da JBS e perdeu feio no Plenário do STF.

Mas não cessam os pensamentos que acodem de tropel à imaginação sobressaltada de sua excelência, que tudo faz, 24 horas por dia, para salvar seu grupo protegido da derrocada final.

Pouco refletido sobre suas incoerências e muito apegado a condescendências, vem alterando seus posicionamentos em cada momento, conforme as circunstâncias.

Em 2016, quando a Lava Jato estava com seus canhões centrados no PT, era só elogios para a operação. De dezembro/16 para frente, depois do vazamento das primeiras delações da Odebrecht (envolvendo todos os grandes partidos), as mudanças começaram a eclodir.

Está agora censurando as gravações ocultas (secretas), admitidas pelo STF há mais de 10 anos (com seu apoio), porque nelas caíram Temer e Aécio. Conforme o réu, interpreta-se o direito! Esse comportamento não condiz com sua condição de juiz.

Mudou de pensamento em relação ao crime de caixa dois e já anuncia para breve novo voto para dificultar a execução da pena após o julgamento do segundo grau.

Em cada ato, em cada entrevista, em cada reunião secreta com Temer, só se vê autofagia. Gilmar Mendes há muito tempo abandonou a ideia de construir uma biografia. A cada dia está cavando mais ainda sua cova.

Não é esse tipo de juiz que o Brasil precisa. O Brasil não precisa de juiz que se presta a ser garoto de recado de Aécio Neves, consultor político (24h) de Michel Temer e protetor de “quadrilheiros da República” (segundo expressão de Celso de Mello).

Se você apoia a ideia do impeachment de Gilmar Mendes, compareça ao nosso ato cívico do dia 30/7, 10h, Av. Paulista com Rocha Azevedo.

Veja Também

O Crime que Temer continua Praticando.

O Crime que Temer continua Praticando. Cadastre-se: http://luizflaviogomes.com/ Me siga ta…