Home Escola da vida - 1º Temporada Pílulas para a alma (18) Existe alguma fórmula para nunca errarmos?

Pílulas para a alma (18) Existe alguma fórmula para nunca errarmos?

2 min leitura
0
0
75

Luiz Flávio Gomes

Meus amigos: vale a pena (re)transcrever a impactante entrevista dada pelo Dr. Cosgrove, que se tornou (em Cleveland – Ohio-EUA) um dos maiores cirurgiões cardíacos do mundo (ela está no livro Ahora Yo, de Alonso Puig). Ele passou um tempo trabalhando no Hospital de Massachusettes e ninguém notou nada de espetacular, na ocasião. Numa entrevista perguntaram para ele como seus professores não tinham visto nada de especial, posto que se tornou um dos mais renomados cirurgiões do mundo. Cosgrove respondeu: “Eles não sabiam a maneira pela qual eu me relaciono com o erro”. O jornalista não entendeu bem a resposta e pediu mais explicações. Cosgrove completou: “O erro, o fracasso, produz muita dor. Para evitar essa dor, frequentemente deixamos nos levar pela tendência de ignorar o erro, ocultá-lo ou mesmo jogar a culpa em alguém. Dessa forma nós nunca aprendemos. O erro tem muito que nos ensinar se deixamos que ele nos ensine. Para isso, temos que resistir à dor e ver exatamente o que ocorreu”. Mas existe alguma maneira de não cometer nenhum tipo de erro, indagou o jornalista? “Sim, existe – respondeu Dr. Cosgrove; mas o preço que pagamos por isso é muito grande: esse preço é não dizer nada, não fazer nada e não ser nada”. Avante!

Veja Também

O “ser” e o “ter”

A cultura contemporânea desenfreadamente dá muito mais valor para o “ter” que para o “ser”…